SABATON – CAROLUS REX (2012)

O Sabaton tem como um de suas características principais trazer a história para sua música. O contexto de sua criação artística trabalha acontecimentos reais e seus desdobramentos para sua obra. Carolus Rex não poderia ser diferente. O cenário é a Suécia, terra natal do Sabaton. A conjuntura histórica desse álbum fala dos eventos ocorridos entre a Guerra dos Trinta Anos e a Grande Guerra do Norte, tais como A Batalha de Breitenfeld (1631), A Batalha de Praga (1648), e a derrota do exército sueco frente as tropas russas, em A Batalha de Poltava.

O nome do álbum Carolus Rex tem relação com o rei Karl XII ou Carlos XII que governou a Suécia de 1697 até 1718. Ele tinha a ideia de que seu país era uma grande potência e fez o que podia para se tornar assim. Se formos comparar com outras formas artísticas, pode ser considerado quase que uma “ode” ao império sueco que se formou nesse período, desde sua ascensão até a queda, com a morte do monarca.

O sexto álbum da banda foi lançado no dia 25 de maio de 2012 pela Nuclear Blast Records. No dia 30 de novembro de 2018 será lançada edição limitada de platina de “Carolus Rex”. A data foi escolhida para homenagear os 300 anos da morte do rei. “Para comemorar, estaremos lançando uma série de edições limitadas deste álbum em 30 de novembro – precisamente 300 anos a partir do dia em que o Rei Carlos morreu e o Império Sueco terminou.”, a banda escreveu em seu Twitter.

O grande ponto aqui que ilumina esse álbum para um contexto artístico extremamente interessante é o fato de não apenas narrar a história, mas trazer o pensar sobre ela. A quarta música do álbum, “A Lifetime of War” fala da miséria causada pela Guerra dos Trinta Anos, trazendo tanto o lado inglês, na versão inglesa, quanto o sueco, na versão sueca. Como o nome já diz “uma vida inteira de guerra”, e como sobreviver nesse meio tempo? “Has man gone insane/A few will remain” (“Será que o homem enlouqueceu?/Poucos permanecerão”). Um questionamento que sobreviveu o período da guerra e pode ser utilizado até os dias de hoje.

A primeira capa é a versão sueca e a segunda, a inglesa.
Tracklist:

  1. Dominium Maris Baltici
  2. The Lion From The North
  3. Gott Mit Uns
  4. A Lifetime Of War
  5. 1648
  6. The Carolean’s Prayer
  7. Carolus Rex
  8. Killing Ground
  9. Poltava
  10. Long Live The King
  11. Ruina Imperii
  12. In The Army Now (Status Quo Cover)

Formação:
Joakim Broden– Vocal
Rikard Sunden– Guitarra
Oskar Monetlius– Guitarra
Par Sundstrom– Baixo
Daniel Mullback– Bateria
Daniel Myhr– Teclado

*publicado originalmente em 29 de setembro de 2018, na Roadie Metal.

Publicado por Daniela Farah

Daniela Farah é curitibana de coração, jornalista formada pela PUC-PR e sempre esteve ligada às artes, estudou produção cênica, língua portuguesa, literatura e violão no Conservatório de MPB do Paraná. Tem o blog “Adanibella – Todo dia é dia de Poesia” para trabalhos literários, é redatora da Roadie Music e participa do grupo Mulheres e Poesias.

Um comentário em “SABATON – CAROLUS REX (2012)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: