Mapa Astral

Quando houver a contingencialidade
da loquacidade, tagarelice
Advinda do propício ser gêmeos
Encontrando ele em Sol, Mercúrio ou Vênus.

Preocupe-se com precipitação
Digna de todo ser do fogo ariano
Que sabe bem das maldades de Marte
Cujo nascimento foi em escorpião.

Meu Deus do céu,que isso? Quanta confusão!
Só um dicionário para compreender
Cada palavra do astrólogo ermitão.

Quiçá estrelas fossem fáceis de ler!
Bem quisera eu que elas me falassem,
Sussurrassem direto em meu coração.

Publicado por Daniela Farah

Poetisa, escritora, jornalista, observadora da sociedade, pensadora da vida e curiosa. Fiz minha primeira poesia aos oito anos e desde então nunca mais parei de escrever. Ainda criança gostava de contar histórias sobre coisas da minha vida que nunca tinham acontecido.

2 comentários em “Mapa Astral

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: