Tempos Sombrios para o Amor

Tempos sombrios para o amor
Maratona desenfreada de corações partidos
Encontram-se todas as noites
Partindo mais outros corações.

E quando se veem nem reconhecem
Se é amor, novo ou velho
Seguem entoando o mantra
Como zumbis querendo cérebro.

Triste saber que nem sabem
O que se busca nessa corrida
O que se quer da vida.

Ficam andando em círculos
Sós, com seus corações partidos
Repetindo, repetindo, repetindo.

Publicado por Daniela Farah

Poetisa, escritora, jornalista, observadora da sociedade, pensadora da vida e curiosa. Fiz minha primeira poesia aos oito anos e desde então nunca mais parei de escrever. Ainda criança gostava de contar histórias sobre coisas da minha vida que nunca tinham acontecido.

4 comentários em “Tempos Sombrios para o Amor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: