Indecisão

O qual, como, porquê?
Seja, sou, quem?
Se ao menos…
Pergunte-me!
Não há todavia um tempo
não há uma certeza
mas há uma esperança
que se esconde na tristeza
o ser, o sou, não sei
e ao não saber
que sei o que não sei
sei que o não saber
está errado pois
ao saber que o não saber
existe
você, no fundo sabe.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s