Desconstrução

Eu precisei desconstruir-me
Para perceber
O quanto de mim
Há em você

O que era seu
E está em mim
Eu já sabia
Meu amor

O que eu não percebia
Era que o de mim
Tinha ficado com você

E te olhando assim
De longe
Eu vejo com clareza

O que você levou
E que era meu
Meu, com certeza

E o ruim, amor,
È saber que
O que era meu
Agora virou seu

E é ruim, amor
Porque sendo seu
Um outro alguém,
Desavisado,
Vai levar

E desavisado, acreditar
Que levou algo seu
Quando na verdade
Era meu

E então, não haverá
Nada mais de mim
Em você.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s