Quando faz frio

Já passa da meia noite e eu estou me preparando para dormir. Coloco minha calça do pijama na frente do aquecedor. Fico ouvindo esse cara na minha mente dizendo que o frio é devastador, e já sinto frio antes mesmo de tirar a roupa. Nos cinco segundos que estou sem a blusa, consigo sentir o vento frio passeando pelo meu corpo e arrepiando cada célula que existe em mim. Meus braços estão gelados, não importa o que eu faça. Respiro fundo e crio coragem para tirar a calça. Minhas pernas parecem estar mais geladas que a noite lá fora. Coloco duas meias e fico debaixo das cobertas. Três para ser exata.

Essa sensação parece me consumir por inteiro. O que diabos é isso? Quem é que diz pro meu corpo que ele deve sentir frio? Tento utilizar técnicas de pensamento e imagino meu corpo quente, fico repetindo isso. Algo na minha cabeça diz que eu não vou conseguir. Quanto mais eu tremo, mais me cubro e me encolho. Tento dormir, mas não consigo, fico ouvindo aquela voz dizendo para eu pegar mais uma coberta. Quem é que fala assim comigo?

Publicado por Daniela Farah

Daniela Farah é curitibana de coração, jornalista formada pela PUC-PR e sempre esteve ligada às artes, estudou produção cênica, língua portuguesa, literatura e violão no Conservatório de MPB do Paraná. Tem o blog “Adanibella – Todo dia é dia de Poesia” para trabalhos literários, é redatora da Roadie Music e participa do grupo Mulheres e Poesias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: